28 de maro de 2018 Sudeste , Brasil

Paraty, entre a natureza e o passado

Encravada no fundo da baía da Ilha Grande, a cidade de Paraty fica entre o Oceano Atlântico e a Serra do Mar. A sua história começa com a chegada dos europeus ao local na década de 1590, servindo de acesso ao interior do país e, mais tarde, como um dos principais portos por onde passavam o ouro e os diamantes garimpados em Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. Também era um polo de exportação de açúcar e tinha uma respeitável produção de aguardente, que ficou conhecida pelo nome da localidade “Paraty”.

 

Ruas com toque colonial

Os atrativos turísticos são muitos. As ruas calçadas de pedras irregulares ladeiam prédios coloniais muito bem conservados. O centro histórico da cidade é como uma máquina do tempo. Lojas, restaurantes, armazéns são instalados em antigas moradias ou casas de comércio, em uma ambientação muito feliz.

As ruas mais próximas ao mar, recebem as águas da maré cheia pelo menos, duas vezes ao dia

 

A quantidade de atividades vai depender do que você gosta de fazer: praias, passeios de escunas, visitas a locais históricos, conhecer comunidades quilombolas e indígenas ou simplesmente procurar antiguidades e artesanatos diferentes.

Peixe à Caiçara

Os restaurantes oferecem pratos da cozinha “caiçara”, que são baseados na tradição dos índios que viviam naquele trecho do litoral, e é muito saborosa, com peixe, camarão, banana, acompanhado de arroz e pirão de farinha.

Já os passeios de escuna pela baía são imperdíveis. Além de um tour pelas ilhas, há paradas para mergulho no mar e em praias bem conservadas. Os barcos servem comida e bebidas e você só tem que levar roupas de banho e muita disposição.

Nos arredores

Você pode visitar a Comunidade Quilombola Campinho da Independência onde vive um pequeno grupo de remanescentes. No local há um restaurante que serve pratos típicos - como feijão preto e bisteca suína. Na pequena comunidade você pode comprar artesanato e visitar a igreja de São Benedito.


Autor: José Carlos Sá, Teu Norte
Compartilhar: