04 de fevereiro de 2019 Passeio

Dicas para fazer câmbio e até sacar dinheiro em Buenos Aires

Destino: A encantadora Buenos Aires

Essa é uma dica simples, mas que deve ser ressaltada, pois pode acontecer com qualquer um. E aconteceu com a gente ahahaha

Em São Paulo, enquanto esperávamos o Uber para ir ao aeroporto, fui ao caixa eletrônico sacar dinheiro para, ao desembarcar na Argentina, fazer o câmbio para os pesos. A Fernanda, minha amiga, leu um algum lugar que era possível sacar lá e deixou esse item pra depois.

Pois é bem. É possível sacar dinheiro em Buenos Aires? Sim, é possível, mas você será taxado por isso. E pode não compensar.

Você pode sacar nos bancos que possuem esta placa

Eu saquei em São Paulo e converti direto no Aeroporto Internacional de Buenos Aires (Ezeiza), no Banco de La Nacional. No dia, cada R$ 1,00 valia $ 7,00 pesos. Era uma cotação muito boa.

Se você, assim como a Fer, deixar para sacara lá, basta procurar um banco que tenha a placa verde escrito “Link”. Ela sinaliza que é um banco internacional e que é possível sacar diretamente da conta de outros países. Já no fim da viagem eu saquei $ 1.700,00 pesos, o equivalente a R$ 250,00 e paguei R$ 47 de taxa. Ou seja, fui cobrado por R$ 297,00.

Por isso, se você quer economizar para aproveitar melhor a cidade e os passeios, saque antes. Para os 10 dias, gastei uma média de R$ 1.500,00 (fora hospedagem) no total dos dez dias, que rendeu $ 10.500,00 pesos. Comemos bem, fizemos passeios, bebemos e conhecemos casas noturnas.

Cartão de crédito

Se você tem cartão internacional, habilite o uso no exterior. Em alguns casos, o cartão de crédito nos salvou de alguma saia justa. A bandeira mais aceita em Buenos Aires é a Mastercard. Visa também é possível, mas poucos estabelecimentos trabalham. Usamos o Nubank Mastercard e a taxa é fixa e bem baixa, compensa caso alguém precise utilizar.


Autor: Felipe Araújo, Colaborador(a)
Compartilhar: