18 de dezembro de 2017 História , Passeio

Prédios históricos e monumentos de Porto Velho

Destino: Conheça Porto Velho, a cidade de muitos brasis

A cidade de Porto Velho há pouco completou cem anos, mas já tem muita história para contar. O centro histórico guarda o mesmo traçado de ruas feito pelo primeiro prefeito da cidade, ou melhor, o primeiro intendente, major Fernando Guapindaia de Souza Brejense. Ali também estão os prédios históricos e monumentos, que podem ser visitados em um passeio a pé.

Complexo da EFMM

 

Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré - Formado pela antiga Estação, dois galpões de ferro onde funcionam um museu ferroviário (atualmente fechado) e uma feira de artesanato. Ao lado há as antigas oficinas, a rotunda (uma espécie de garagem de locomotivas) e o virador (para manobrar as locomotivas). Atualmente só é possível fazer um curto passeio de litorina - um veículo ferroviário movido à gasolina - no pátio da ferrovia.

Prédio do Relógio - Construído para ser a sede administrativa da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Tem o formato de uma locomotiva maria-fumaça estilizada. Está em reforma para servir de sede da Prefeitura de Porto Velho (Dezembro de 2017).

 

Palácio Presidente Vargas, atual Museu da Memória Rondoniense

 

Palácio Presidente Vargas - Foi sede do Executivo estadual durante 28 anos até 2015. O prédio foi concluído em 1954, e tem no pórtico do Palácio os bustos dos presidentes Getúlio Vargas, que criou o Território Federal do Guaporé, depois Rondônia; e do general João Batista de Figueiredo, que promulgou a lei elevando Rondônia à condição de Estado. Hoje o prédio é ocupado pelo Museu da Memória Rondoniense e funciona durante a semana em horário comercial.

 

Praça das Três Caixas D'Água

 

Praça das Caixas D'Água - As três caixas d'água são o símbolo de Porto Velho e estão retratadas na bandeira do município. Foram instaladas entre 1910 e 1912, trazidas de Chicago (EUA) e abasteceram a cidade até a década de 1960.

 

Antigo Porto Velho Hotel

 

Porto Velho Hotel - O prédio é contemporâneo ao Palácio Presidente Vargas. Ali ficavam hospedados os visitantes convidados pelos governadores do Território do Guaporé e depois Rondônia, além de secretários do Executivo e viajantes. Nos anos 1960 existiu um bar no terraço, que era o ponto de encontro de políticos e intelectuais. Atualmente abriga a Reitoria da Universidade Federal de Rondônia.


Autor: José Carlos Sá, Teu Norte
Compartilhar: