21 de maio de 2017 Restaurante

Casarão do Peixe e suas delícias do rio

Destino: Porto Velho é cidade de muitos brasis

Moqueca de pirarucu

Pirarucu, tambaqui, tucunaré são peixes nativos dos rios da Amazônia e estão no cardápio do Casarão do Peixe. O restaurante, localizado na região central de Porto Velho, tem atendimento ágil e simpático como seu 'irmão' Casa do Tambaqui (leia avaliação).

Para se ambientar enquanto aguarda para fazer o pedido, vá de pastel de tambaqui, não tenha medo de experimentar o molho de tucupi - um líquido amarelo dentro de uma garrafa que estará na mesa. No menu há costela de tambaqui (sem espinhas!) frita, filé de dourado grelhado ou assado, tambaqui assado - nos tamanhos P, M e jumbo -, moqueca de pirarucu (recomendamos!) com ou sem camarões e caldeiradas. Tudo acompanhado com arroz branco (pode optar por baião de dois), farofa, pirão e vinagrete. Você pode complementar com macaxeira (mandioca/aipim) frita ou cozida, banana frita (Teu Norte não dispensa nunca!).

Para beber, há sucos de frutas regionais, como cajá e cupuaçu, refrigerantes, cervejas e vinhos nacionais, além de caipirinha.

Os preços são honestos. Um prato para duas pessoas custa em média R$ 40, mas esse mesmo prato serve três pessoas tranquilamente - a não ser que o trio esteja faminto demais.

O restaurante funciona de terça-feira a domingo somente para almoço; as reservas são garantidas até o meio dia. Aceita todos os cartões de crédito.


Avaliação

Ótimo restaurante para ir com amigos, com a família, para reunião de negócios e até para um momento mais love time.

Recomendamos

Tambaqui assado sem espinhas é inesquecível.

Evite

Chegar entre 12h e 13h. Se faz questão de peixe fresco, pergunte ao garçom se o peixe foi recém-abatido.


Autor: Marcela Ximenes, Teu Norte
Compartilhar: