04 de fevereiro de 2019 Aventura , Cultura , Passeio

Tem balada gay em Buenos Aires? Sim, uma das maiores da América Latina

Destino: A encantadora Buenos Aires

Festa Jolie

Quando eu conversei com amigos que já foram para Buenos Aires todos falaram que eu ia adorar a cidade, que é uma versão latina de São Paulo, um dos meus lugares favoritos. Cosmopolita, versátil e que nunca dorme.

E foi exatamente isso que encontrei por lá mesmo. Uma cidade animada (sem a correria de São Paulo, principalmente nas escadas do metrô), com opções para as famílias com crianças que querem conhecer parques e pontos turísticos e para os solteiros que querem badalar.

Na capital portenha, fomos em duas baladas voltadas ao público LGBTQ+:

Festa Jolie

No dia em que fomos a festa era especial sobre a Thalia, em comemoração ao aniversário da diva latina. Esta festa tem dois ambientes, um com predominância pop, mas que passa por outros ritmos totalmente dançantes e outro voltado para a cultura local com muito reggaeton. Não pagamos para entrar, apenas o consumo dentro da festa. Importante levar documento de identificação, pois pedem na porta.

Endereço:

Facebook: www.facebook.com/fiestajolie

Site: www.fiestajolie.com

Boate Amerika

Esta, considerada uma das maiores casas noturnas voltadas ao público LGBTQ+ da América Latina, a boate Amerika não deixa nada a desejar em seus três ambientes: pista de entrada, camarote e pista superior.

Nós pagamos $ 300 pesos (média de R$ 42 de acordo com o nosso câmbio) em cada entrada com nome na lista disponível no evento no Facebook. Tivemos que chegar antes da meia-noite para valer o desconto da lista, que dava direito a open bar (sex on the beach, gim tônica, espumante, vodka, energético e outros drinks).

Endereço: Gazcón 1040, Buenos Aires – Argentina.

Facebook: www.facebook.com/amerikadisco/

Site: www.ameri-k.com.ar


Autor: Felipe Araújo, Colaborador(a)
Compartilhar: